Ementa

Em março de 2002, o Comitê de Demografia dos Povos Indígenas foi criado pela ABEP, reunindo demógrafos e antropólogos interessados em estudar a articulação entre os processos demográficos e a organização social das sociedades indígenas no Brasil, de forma a preencher a lacuna existente neste campo de estudos no país.

A sua estruturação foi gestada em agosto de 2001, por ocasião da XXIV Conferência Geral de População da IUSSP, realizada em Salvador, a partir da demanda de um grupo de associados da ABEP interessados nesse campo de estudos e dispostos a enfrentar os desafios que representa estimar indicadores demográficos para as "populações de pequena escala" e interpretá-los à luz de informações sobre a cultura desses povos. Em seu início, o Comitê definiu dois eixos principais de trabalho: a) Comportamento demográfico e organização social dos povos indígenas do Brasil; b) Indicadores de saúde e sociodemográficos para essas populações. 

A partir de 2006, o Comitê passou a categoria de Grupo de Trabalho de Demografia dos Povos Indígenas, quando foram ampliados os objetivos:

a) Incentivar o desenvolvimento de estudos e pesquisas sobre dinâmica demográfica dos povos indígenas com ênfase na interface com os conhecimentos antropológicos; 

b) aprofundar a reflexão sobre fontes e metodologias de coleta de informações;

c) ampliar a análise de series históricas sobre indicadores de saúde e sócio demográficos para os povos indígenas e,

d) disseminar a discussão e os resultados dos estudos desse campo do conhecimento por meio de seminários, oficinas, reportagens, publicações e outros.

 

 

Please publish modules in offcanvas position.