Notícias

Data: 22 de junho de 2017

Horário: 16h às 19h

Local: Auditório do Museu do Amanhã - Rio de Janeiro/RJ

O Livro aponta cenários possíveis para o Brasil em 2035

Que caminho o Brasil poderá trilhar até 2035 para que o País seja desenvolvido com uma sociedade livre, justa e solidária em 2100? O resultado está no livro Brasil 2035 - Cenários para o Desenvolvimento.

As inscrições para o Evento são gratuitas e podem ser feitas com o envio de uma mensagem para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Download disponível em:

A Unicamp instituiu um grupo de trabalho para implementação da Cátedra Sérgio Vieira de Melo, que irá estimular o debate e a produção de conhecimento sobre o tema dos refugiados. A iniciativa também tem o objetivo de tornar a universidade um ponto de apoio para essas populações. A Cátedra foi criada pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) e homenageia o brasileiro que se dedicou ao trabalho com refugiados na ONU, vitima de um atentado no Iraque. “A migração de refugiados é um dos temas gritantes da atualidade e ganha destaque no Brasil, por sua posição geopolítica. A Unicamp, com essa iniciativa, assume protagonismo na interlocução com diversos atores sociais para minimizar as dificuldades enfrentadas por essa população”, afirmou a presidente do GT-Cátedra, Rosana Baeninger.

Mais informações:

Tema: Colonialidade, Poder e Territórios

Data: 27 a 29 de novembro de 2017

Local: Belém - Pará

O SIALAT é um evento que pretende despertar para lacunas em estudos no campo das ciências sociais. Trata-se de temas relacionados ao  desenvolvimento e  a colonialidade, considerando abordagens críticas  e comparativas. Haja vista os objetivos propostos e toda a organização que está sendo levada a termo, o SIALAT traz uma contribuição enorme a construção do campo das ciências sociais e da sociologia em particular, sobre a América Latina. Assim, pretende debater situações comuns que atravessam hoje os países da América  Latina com base em resultados de pesquisas produzidas em universidades, em institutos de pesquisa, em programas de pós-graduação e outras instituições reconhecidas pela sua excelência.  Aprofundando o debate crítico sobre as políticas, os conflitos sociais, o processo histórico de transformação considerando as práxis sociais, as lutas sociais e os movimentos sociais, inclusive das conjunturas de crise econômica e política. Desta forma, propiciar o intercâmbio de ideias, estudos, pesquisas e debates na análise de experiências de governos e de organizações da sociedade civil em relação às políticas públicas, e incrementar o intercâmbio acadêmico-científico tomando como referência os próprios Programas de Pós-Graduação no campo do desenvolvimento e de temas a ele correlatos.

Mais informações

O Fundo de População da ONU (UNFPA) participou da décima edição do Programa de Capacitação “População, Cidades e Políticas Sociais”, realizado no âmbito do Programa de Seminários do Observatório das Migrações (NEPO/UNICAMP), em parceria com a Fundação Carlos Chagas, em São Paulo, nos dias 05 a 07 de junho de 2017.

O evento teve como objetivos centrais a sensibilização e a capacitação de gestores públicos municipais, estaduais e federais acerca de temas relacionados com a dinâmica populacional e as políticas sociais, com ênfase nas políticas educacionais. O enfoque dessa edição foi a dinâmica demográfica e a importância dos indicadores educacionais para a gestão e planejamento.

Vinícius Monteiro, o assessor para População e Desenvolvimento do UNFPA, esteve presente na primeira mesa do evento, que debateu o tema “Dinâmica Demográfica e Políticas Educacionais: transformações recentes”. “Foi destacada a importância de capacitar os gestores locais em temas de população e áreas afins considerando o contexto da Agenda 2030”, explicou ele. “No painel, foi apresentado um panorama histórico da agenda internacional de população e desenvolvimento e destacada a necessidade da formação de capital humano, sobretudo dos jovens, como chave para o desenvolvimento”, completou.

O programa de capacitação contou com a presença de gestores e funcionários públicos municipais, estaduais ou federais, representantes de movimentos sociais e organismos não-governamentais, bem como alunos de graduação ou pós-graduação envolvidos e/ou interessados nas áreas de estudos de população e políticas sociais.

Mais informações:

6-8 September 2017, Senec, Slovakia

In a world flooded with information from a multitude of sources, providing, managing and making sense of knowledge to build more robust policies is highly challenging. Using evidence in policymaking is a complex task demanding a set of distinct skills and mutual understanding between researchers and policymakers.

This is particularly relevant for the policies addressing, or influenced by, migration and demographic changes: a key strategic area for the future of Europe. Evidence informing policy discussions in this domain is often confusing and contested, which can further complicate the challenging policymaking process.

To address these challenges, the European Commission's Joint Research Centre, together with INGSA and the Slovak Academy of Sciences, is organising a third Evidence and Policy Summer School. This professional development training offers policymakers and scientists the opportunity to meet each other and together develop skills in using evidence for creating robust policy solutions. Using the lens of migration and demographic change as a common domain of policy interest, participants will be challenged to identify and address universal issues in data and evidence gathering and communication to policy makers and the general public.  It is important to note that the workshop is not intended to present either the latest science or specific policy solutions in this domain, but to provide the tools and approaches to better inform the policy making process. Thus, the main focus rests on developing capacities in procuring, producing and using relevant evidence.

More Information

Please publish modules in offcanvas position.