Homenagens

Morreu nesta sexta-feira, 19, no Rio de Janeiro, o professor Rodrigo Ferreira Simões, do Departamento de Ciências Econômicas da Face, e vice-diretor do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (Cedeplar). Ele presidia a Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (Anpur).

Simões sentiu-se mal e foi internado no Hospital Miguel Couto, na capital fluminense. Seu corpo chega a Belo Horizonte ainda neste sábado e será velado no domingo, 21, das 8h às 13h, no crematório do Cemitério Parque da Colina, no bairro Nova Cintra, região Oeste de Belo Horizonte. Em seguida, ele será cremado. Casado com a professora Teresa Bruzzi, vice-diretora do Teatro Universitário, Rodrigo Simões era irmão do professor Gustavo Simões, da Escola de Engenharia.

“Era um professor destacado na área de planejamento urbano e regional, com vários projetos. Uma figura peculiar, singular e muito querido por nós, colegas e técnico-administrativos, e pelos estudantes. Pessoa alegre, de bem com a vida. É uma pena, deixou-nos muito cedo", lamentou o professor Hugo da Gama Cerqueira, seu colega de Departamento e pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento da UFMG.

Trajetória

Doutor em Economia pela Universidade Estadual de Campinas, Rodrigo Simões foi sócio-fundador e membro titular do Conselho Científico da Associação Brasileira de Estudos Regionais – Seção Brasileira da Regional Science Association International. Era editor-associado da Revista Brasileira de Inovação e membro do conselho gestor da revista Planejamento e Políticas Regionais.

Publicou dezenas de artigos em periódicos especializados e trabalhos completos em anais de eventos. Desenvolvia e orientava pesquisas nas áreas de desenvolvimento regional, economia urbana e urbanização.

Foi Visiting scholar, no Land Economy Department da University of Cambridge (UK), e Associate researcher, no Departament of Geography and Environment da London School of Economics and Political Science (LSE), em Londres.

Em 2014, o Portal UFMG publicou matéria sobre estudo coordenado pelo professor Rodrigo Simões, que associava o peso de atributos urbanos aos processos de inovação. Na época, o artigo Innovation, urban attributes and scientific structure: a Zero-Inflated-Poisson model for biotechnology in Brazil conquistou o Best International Paper Award, concedido pela Regional Studies Association.

Agosto 2016

 

Fonte: https://www.ufmg.br/online/arquivos/044898.shtml

Please publish modules in offcanvas position.