@ABEP

espaço de divulgação científica da ABEP

Espaço de divulgação científica da ABEP

A revisão da encíclica Humanae Vitae e os direitos sexuais e reprodutivos

@abep 04/17

02.10.2017

José Eustáquio Diniz Alves

A encíclica Humanae Vitae ("Da vida humana"), lançada pelo Papa Paulo VI, no dia 25/07/1968, é um dos documentos mais equivocados já publicados nos 2 mil anos da Igreja Católica. A encíclica, que tem como subtítulo a expressão “Sobre a regulação da natalidade”, se posiciona contra todos os métodos modernos de regulação da fecundidade, contra os meios que possibilitam o sexo seguro, condena a masturbação e define a sexualidade (aceitável unicamente em parcerias heterossexuais) como um fim único e exclusivo voltado para “o desejo divino” da procriação.

A Demografia dos Povos Indígenas no Brasil

@abep 03/17

25.08.2017

Marden Campos

HISTÓRIA | Lá se vão mais de 15 anos de quando, em março de 2002, um grupo de demógrafos, antropólogos, sociólogos e profissionais ligados à área da saúde coletiva, interessados em estudar a articulação entre os processos demográficos, mudanças socioculturais e a organização social das sociedades indígenas, criaram o Comitê de Demografia dos Povos Indígenas na ABEP.

Governança Ambiental e Equidade na Era da Pós-Verdade

Environmental Governance and Equity in the Post-Truth Era

@abep 01-pt/17

05.06.2017                                              

George Martine

 

Mitos e Governança | Convivemos em plena era da pós-verdade e do relativismo ético. Fatos objetivos pesam menos na formação da opinião pública do que emoções e crenças pessoais. Políticos não conseguem diferenciar bem público e privado. Populistas manipulam as massas com soluções simplistas; o mais poderoso deles nem consegue distinguir fabricação de realidade. Empresários pregam a ideologia do mercado, mas barganham as tetas do Estado. A mídia de massa defende interesses particulares, enquanto a mídia social constrói e destrói mitos em twitters de 140 caracteres. No conjunto da obra, a era pós-verdade erige edifícios sociais frágeis e erode a base de confiança essencial à manutenção de uma sociedade viável. O que isso tem a ver com a governança sobre a problemática ambiental?

Página 1 de 2

Please publish modules in offcanvas position.