UNFPA participa de workshop para a promoção do empoderamento dos povos indígenas

Nos dias 10 a 14 de julho, o Grupo Assessor de Juventude Interagencial da ONU liderado pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) participou de um workshop para a promoção do empoderamento e do conhecimento sobre os direitos dos povos indígenas estabelecidos no âmbito do Sistema Internacional de Proteção aos Direitos Humanos, em especial, os instrumentos e mecanismos das Nações Unidas.

Intitulado "A ONU e os Direitos Humanos dos Povos Indígenas", o curso organizado em parceria com a Rede de Juventude Indígena (REJUIND) e a Coordenação da Questão Indígena, da Diretoria de Diversidade da Universidade de Brasília, promoveu uma exposição dialogada, estudos de caso/exercício prático e estratégias de incidência.

A Oficial de Programa responsável pelo tema Juventude do UNFPA, Anna Cunha, presente no evento nos dias 11 e 12, deu aos participantes um panorama da situação da juventude no mundo e no Brasil. “O papel do UNFPA foi de trazer uma ferramenta analítica para auxiliar e contribuir nessa formação da juventude indígena”, disse. Anna Cunha lembrou que a juventude é considerada “a chave para o desenvolvimento sustentável”. O objetivo principal do curso, “era de instrumentalizar jovens indígenas para que eles possam ter uma incidência e um diálogo político sobre as agendas de juventude indígenas”, destacou.

A metodologia usada abriu um espaço de diálogo e permitiu ao UNFPA aproximar-se da realidade indígena. “Este espaço é importante porque o Brasil passa por inúmeras violações de direitos que acontecem principalmente nas populações vulneráveis como os povos indígenas”, relatou Rayanne França, estudante de enfermagem, membro do REJUIND e originária do grupo indígena Baré.

Mais informações:

Please publish modules in offcanvas position.